Chitãozinho e Xororó, uma das duplas mais icônicas da música sertaneja, é composta pelos irmãos José Lima Sobrinho, conhecido como Chitãozinho, e Durval de Lima, conhecido como Xororó. O nome artístico da dupla é uma combinação dos apelidos dos dois irmãos, que se tornaram uma marca reconhecida nacionalmente.

Quais os nomes verdadeiros de Chitãozinho e Xororó?

Chitãozinho, cujo nome de batismo é José Lima Sobrinho, nasceu em Astorga, no Paraná, em 5 de maio de 1954.  Xororó, cujo nome de batismo é Durval de Lima, nasceu em São Paulo, em 30 de setembro de 1957. Ambos cresceram em uma família musical, com influências de seus pais, que eram cantores amadores. Durante a infância e adolescência, Chitãozinho e Xororó se dedicaram ao aprendizado de diversos instrumentos musicais, como violão, viola caipira e acordeão. Eles começaram a se apresentar em festas de família e eventos locais, desenvolvendo suas habilidades musicais e criando um vínculo artístico entre eles.

Ao decidirem seguir carreira profissionalmente, os irmãos adotaram o nome artístico Chitãozinho e Xororó, uma combinação dos apelidos que eles já usavam informalmente. A escolha desse nome foi uma forma de se identificarem como uma dupla e de criar uma identidade artística única. Desde então, Chitãozinho e Xororó construíram uma carreira de sucesso, conquistando o público com seu talento vocal, composições marcantes e performances carismáticas. Eles se tornaram referência no cenário da música sertaneja e influenciaram gerações de artistas que vieram depois.

Início da Carreira Musical

Chitãozinho e Xororó deram seus primeiros passos na carreira musical na década de 1970. Nessa época, a música sertaneja vivia um momento de transição, passando de uma abordagem mais tradicional para uma sonoridade mais moderna e comercial. A dupla começou se apresentando em festas e casas noturnas, buscando oportunidades para mostrar seu talento. Em 1970, gravaram seu primeiro disco de vinil com o título “Galopeira”. Apesar de não obterem sucesso imediato, essa gravação marcou o início oficial da carreira de Chitãozinho e Xororó.

O reconhecimento nacional veio em 1982, com o lançamento do álbum “Somos Apaixonados”. Esse trabalho trouxe uma nova abordagem musical, combinando elementos da música sertaneja tradicional com arranjos modernos e uma interpretação única da dupla. A música “Fio de Cabelo”, presente nesse álbum, se tornou um marco na carreira de Chitãozinho e Xororó, alcançando grande sucesso e conquistando o público em todo o país.

A partir desse momento, a dupla consolidou sua posição no cenário da música sertaneja, lançando uma série de álbuns de sucesso e emplacando diversos hits nas paradas musicais. Chitãozinho e Xororó se destacaram não apenas pela qualidade de suas vozes, mas também por suas composições autorais e pela capacidade de se reinventarem ao longo dos anos.

Influências Artísticas

Chitãozinho e Xororó são artistas que carregam consigo uma série de influências musicais que moldaram seu estilo e contribuíram para o seu sucesso ao longo dos anos. Essas influências vão desde artistas da música sertaneja até outros gêneros musicais.

Dentre as principais influências artísticas de Chitãozinho e Xororó, destaca-se a dupla Milionário e José Rico, referência no cenário da música sertaneja. A forma única de interpretação, a harmonia vocal e as melodias emocionantes da dupla foram fontes de inspiração para Chitãozinho e Xororó, que buscaram desenvolver um estilo próprio, combinando elementos tradicionais e contemporâneos. Além disso, outros artistas como Tião Carreiro e Pardinho, João Mineiro e Marciano e Trio Parada Dura também influenciaram Chitãozinho e Xororó. A dupla absorveu características desses ícones da música sertaneja, adaptando-as ao seu próprio som e agregando elementos modernos que cativaram o público.

É importante ressaltar que Chitãozinho e Xororó também exploraram influências de outros gêneros musicais, como o pop e o rock. Essa abertura para novas sonoridades e a vontade de experimentar diferentes estilos ajudaram a consolidar a versatilidade da dupla, tornando-os reconhecidos não apenas dentro do universo sertanejo, mas também em outros segmentos da música brasileira.

Estilo Musical

O estilo musical de Chitãozinho e Xororó é caracterizado pela mistura da música sertaneja tradicional com elementos modernos, resultando em um som único e cativante. A dupla possui uma identidade musical marcante que conquistou milhões de fãs ao longo de sua carreira. Chitãozinho e Xororó são conhecidos por suas vozes marcantes e harmoniosas, que se complementam perfeitamente nas interpretações. Suas melodias emocionantes e letras profundas transmitem sentimentos universais, tocando o coração do público.

Além do estilo tradicional, Chitãozinho e Xororó também exploraram diferentes vertentes dentro da música sertaneja, como o sertanejo romântico e o sertanejo universitário. Essa versatilidade permitiu que a dupla se adaptasse às mudanças do cenário musical ao longo dos anos, mantendo-se relevantes e conquistando novos públicos.

Ao longo de sua carreira, Chitãozinho e Xororó lançaram uma série de álbuns que refletem a evolução de seu estilo musical. Desde canções tradicionais até composições mais contemporâneas, a dupla sempre soube se reinventar sem perder sua essência. O sucesso de Chitãozinho e Xororó é resultado de sua habilidade em trazer uma abordagem autêntica à música sertaneja, combinando tradição e inovação em suas produções. Seu estilo único e cativante os consagrou como uma das maiores referências da música sertaneja no Brasil.

Sucesso e Reconhecimento

Chitãozinho e Xororó tiveram seu primeiro grande sucesso e reconhecimento com a música “Fio de Cabelo”, lançada em 1982. A canção, composta por Darci Rossi e Marciano, se tornou um verdadeiro hino do amor e da saudade, conquistando o coração do público brasileiro. “Fio de Cabelo” marcou um momento importante na carreira da dupla, impulsionando-os para o estrelato e consolidando-os como um dos principais nomes da música sertaneja.

Ao longo dos anos, Chitãozinho e Xororó emplacaram uma série de sucessos que se tornaram verdadeiros clássicos da música sertaneja. Canções como “Evidências”, “Sinônimos”, “Nuvem de Lágrimas” e “Fogão de Lenha” são apenas alguns exemplos do repertório consagrado da dupla. Essas músicas se tornaram verdadeiros hinos do gênero e são reconhecidas até hoje como marcos na história da música brasileira.

Além do sucesso no Brasil, Chitãozinho e Xororó também conquistaram reconhecimento internacional. A dupla realizou diversas turnês e apresentações em países como Estados Unidos, Canadá, Europa e América Latina, levando a música sertaneja para além das fronteiras brasileiras.

O talento e a dedicação de Chitãozinho e Xororó foram reconhecidos ao longo de sua carreira com inúmeros prêmios e honrarias. Eles receberam diversos troféus e certificações por suas vendas de discos, além de terem seu trabalho reconhecido pela crítica especializada e pelo público.

O sucesso e o reconhecimento alcançados por Chitãozinho e Xororó são frutos de seu talento, carisma e de sua contribuição para o desenvolvimento e popularização da música sertaneja. Sua trajetória marcante deixou um legado que continuará sendo apreciado e admirado por gerações futuras.

Projetos especiais de grande importância

Chitãozinho e Xororó também participaram de diversos projetos especiais ao longo de suas carreiras, colaborando com outros artistas renomados e contribuindo para a diversificação e expansão do gênero sertanejo. Abaixo, destacamos três desses projetos especiais de grande sucesso:

“Clássicos Sertanejos”

Chitãozinho e Xororó se uniram a diversos artistas para regravar clássicos da música sertaneja em um álbum especial. O projeto contou com participações de nomes como Zezé Di Camargo e Luciano, Ney Matogrosso, Sergio Reis, entre outros. A iniciativa teve uma excelente recepção do público e consolidou ainda mais a importância da dupla no cenário da música sertaneja.

“Amigos”

O projeto “Amigos” reuniu Chitãozinho e Xororó, Zezé Di Camargo e Luciano e Leandro e Leonardo em uma série de apresentações ao vivo que se tornaram verdadeiros marcos na história da música sertaneja. O espetáculo foi um verdadeiro sucesso de público e crítica, percorrendo várias cidades do Brasil e reunindo multidões de fãs. A parceria entre esses artistas talentosos criou momentos inesquecíveis e fortaleceu ainda mais a união e amizade entre eles.

“40 anos”

Ao completar 40 anos de sucesso, Chitãozinho e Xororó criaram um disco que encantou o coração dos brasileiros. “40 anos” foi um importante projeto musical que obteve um grande sucesso ao relembrar os clássicos lançados pela dupla sertaneja mais amada do Brasil.

Esses são apenas alguns exemplos dos projetos especiais em que Chitãozinho e Xororó estiveram envolvidos ao longo de suas carreiras. Sua participação em iniciativas desse tipo evidencia sua versatilidade artística e a capacidade de se adaptarem a diferentes estilos e parcerias, sempre levando a música sertaneja a novos patamares.

Turnês e shows no exterior

Chitãozinho e Xororó são reconhecidos não apenas no Brasil, mas também internacionalmente. A dupla realizou diversas turnês e shows no exterior, levando a música sertaneja para diferentes países. Abaixo, destacamos cinco dessas turnês e shows:

Tour América do Norte

Em 2022, Chitãozinho e Xororó  realizaram uma série de shows nos Estados Unidos e Canadá. Nos Estados Unidos as apresentações foram realizadas em Nova York, Boston, Miami e Las Vegas, enquanto no Canadá a dupla realizou um show na capital Toronto.

“Radio City em Nova York”

Uma grande conquista da carreira de Chitãozinho e Xororó foi a realização de um show no cobiçado palco “Radio City” em Nova York. Com direito à orquestra, convidados especiais como Sandy e Júnior, a Família Lima e Luan Santana, arranjos extraordinários e um palco sensacional, a dupla realizou um show histórico para corar a carreira de 5 décadas de estrada.

 “Navio CH&X”

Mesmo após 50 anos de carreira, Chitãozinho e Xororó realizam inovações em suas carreiras. Entre elas o  “Navio CH&X”, um navio que passará 3 noites em Bahamas no mês de julho de 2023. Esse é sem dúvidas um dos maiores projetos da história da música sertaneja e marcam ainda mais o nome da dupla mais amada do sertanejo brasileiro no topo da história.

Essas são apenas algumas das turnês e shows internacionais que Chitãozinho e Xororó realizaram ao longo de suas carreiras. Sua presença nos palcos internacionais contribuiu para a disseminação da música sertaneja e consolidou a dupla como uma referência do gênero além das fronteiras do Brasil.

Parcerias de sucesso

Chitãozinho e Xororó também se destacaram ao longo de suas carreiras por suas parcerias musicais de sucesso. Eles colaboraram com diversos artistas renomados, enriquecendo ainda mais a música sertaneja. Abaixo, apresentamos cinco parcerias de destaque da dupla:

Chitãozinho e Xororó feat Zezé Di Camargo e Luciano e Leandro e Leonardo

A união entre as duplas amigas Chitãozinho e Xororó, Zezé Di Camargo e Luciano e Leandro e Leonardo dura décadas e o projeto “Amigos” é um dos maiores da história da música sertaneja. Atualmente, mesmo com Leonardo realizando carreira solo, devido ao falecimento de Leandro, os amigos continuam se reunindo anualmente e realizando shows que engrandecem a cultura sertaneja.

Chitãozinho e Xororó feat Marília Mendonça

Chitãozinho e Xororó uniram forças com a talentosa cantora Marília Mendonça em uma série de músicas, a principal delas foi “Página de Amigos”, onde a união de diferentes gerações, fizeram história na música sertaneja.

Chitãozinho e Xororó feat Bruno e Marrone

O encontro entre Chitãozinho e Xororó e a dupla Bruno e Marrone resultou em um dueto emocionante no DVD “Clássicos”. A união dessas duas vozes marcantes e a combinação dos estilos musicais complementares conquistaram o público e se tornaram um grande sucesso.

Chitãozinho e Xororó feat Jorge e Mateus

Parceria com Jorge e Mateus: A união de Chitãozinho e Xororó com a dupla Jorge e Mateus na música “Página Virada” foi um verdadeiro encontro de gerações. A combinação das vozes e estilos desses artistas resultou em uma interpretação marcante e emocionante, resgatando uma das canções mais icônicas da música sertaneja.

Chitãozinho e Xororó feat Bruno e Marrone

Um grande marco da música sertaneja foi a união entre Chitãozinho e Xororó e Bruno e Marrone para a famosa canção “Choram As Rosas”. Chitãozinho e Xororó realizaram uma participação importante na música de Bruno e Marrone, um momento importante para a música sertaneja e uma união de gerações.

Projetos fora da música

Além de sua incrível carreira na música, Chitãozinho e Xororó também se destacaram em outros projetos fora do universo musical. Essa renomada dupla sertaneja demonstrou talento e empreendedorismo ao se envolver em diferentes empreendimentos.

Chitãozinho e Xororó expandiram seus horizontes ao investirem em negócios relacionados ao agronegócio. Como apaixonados pelo campo e pela vida rural, eles se envolveram em projetos ligados à pecuária e ao cultivo de grãos, contribuindo para o desenvolvimento do setor e utilizando sua influência para promover a importância do agronegócio no Brasil.

Além disso, eles também se envolveram em causas sociais e filantrópicas, dedicando-se a projetos voltados para a melhoria da qualidade de vida de comunidades carentes e apoio a iniciativas de responsabilidade social. Um grande projeto realizado pela dupla foi a criação da Fundação Chitãozinho e Xororó de Amparo à Criança, em Campinas em 1992.

Além disso, a presença da dupla se faz presente em uma série realizada pela Globoplay. Intitulada de “As Aventuras de José e Durval”, a série retrata a história de superação de Chitãozinho e Xororó dos irmãos, desde a saída deles do interior do Paraná, até a conquista de espaço nos melhores palcos do mundo e conseguirem arrastar multidões por todo o Brasil.

Top 10 músicas de maior sucesso de Chitãozinho e Xororó

Uma missão difícil é escolher apenas 10 músicas da dupla sertaneja mais amada do Brasil. Portanto, confira agora algumas das principais músicas da carreira cinquentenária de Chitãozinho e Xororó nesta lista dos 10 maiores sucessos de Chitãozinho e Xororó.

1. “Evidências”

Um dos maiores clássicos da música sertaneja, conhecida por sua letra emocionante e melodia envolvente.

Refrão:

“E nessa loucura de dizer que não te quero…”

2. “Fio de Cabelo”

Uma canção marcante que aborda a temática do amor perdido e se tornou um dos maiores sucessos da dupla.

Refrão:

“Aquele fio de cabelo comprido. Já esteve grudado em nosso suor…”

3. “Sinônimos”

Uma parceria com Zé Ramalho, destacando-se pela harmonia entre as vozes e a poesia da letra.

Refrão:

“Sinônimo de amar é sofrer…”

4. “Vá Pro Inferno Com Seu Amor”

“Vá Pro Inferno Com Seu Amor” é uma canção que retrata um amor não compreendido e a esperança de dias melhores após a superação dessa falta de reciprocidade dentro do relacionamento.

Refrão:

“Vá pro inferno com o seu amor…”

5. “Nuvem de Lágrimas”

Um hit animado que conquistou o público com sua energia contagiante e refrão cativante.

Refrão:

“Ah jeito triste de ter você. Longe dos olhos e dentro do meu coração…”

6. “Galopeira”

“Galopeira” é um verdadeiro clássico da música brasileira. Esse é sem dúvidas um dos maiores sucessos da dupla sertaneja mais amada do Brasil e seu refrão é cantado por todo o país.

Refrão:

“Galopeeeeeeeeiraaaaaaaa…”

7. “Se Deus Me Ouvisse”

Uma balada romântica que expressa os desejos e anseios do coração machucado, onde o clamor de uma ajuda divina torna-se realidade.

Refrão:

“Eu lhe peço meu Deus, tenha pena de mim…”

8. “No Rancho Fundo”

Essa é uma das principais músicas do “sertanejo raiz” que retrata uma desilusão amorosa.

Refrão:

“No rancho fundo. Bem pra lá do fim do mundo…”

9. “Brincar de Ser Feliz”

Com um ritmo dançante e uma letra que relata uma relação amorosa. “Brincar de Ser Feliz” tornou-se rapidamente um sucesso e é considerado até os dias atuais um hino da música sertaneja raiz.

Refrão:

“Como é que eu posso, me livrar das garras desse amor gostoso…”

10. “Fogão de Lenha”

Uma canção que retrata a saudade de uma pessoa que saiu do interior em busca de uma vida melhor, porém reparou que tudo que precisava estava ali. Essa canção ressalta a simplicidade e os valores da vida no campo, resgatando as raízes sertanejas.

Refrão:

“Eu sempre tive tudo e tudo está aí…”

Tirando dúvidas sobre:

Chitãozinho e Xororó

Chitãozinho e Xororó é a dupla sertaneja mais amada do Brasil e saber tudo sobre essa dupla é algo essencial para todo amante da música sertaneja. Confira agora as 5 dúvidas frequentes sobre eles e tenha suas dúvidas respondidas.

1. Quando Chitãozinho e Xororó começaram a carreira?

A dupla Chitãozinho e Xororó começou sua carreira profissionalmente em 1970, quando lançaram seu primeiro álbum chamado “Galopeira”. Desde então, eles têm construído uma trajetória de sucesso na música sertaneja.

2. A dupla Chitãozinho e Xororó ainda está na ativa?

Sim, Chitãozinho e Xororó continuam ativos na indústria musical. Apesar de já terem uma longa carreira, ultrapassando cinco décadas, eles ainda se apresentam em shows e lançam novas músicas regularmente. Sua paixão pela música sertaneja permanece forte e novos projetos visionários como a criação de um navio nos Estados Unidos, com a presença de grandes sucessos da dupla, estão acontecendo

3. Qual a importância de Chitãozinho e Xororó para música sertaneja?

Chitãozinho e Xororó desempenham um papel de destaque na história da música sertaneja brasileira. Sua contribuição para o gênero vai além do sucesso comercial, pois eles foram pioneiros na modernização do estilo, introduzindo elementos contemporâneos à música sertaneja tradicional. Com sua abordagem inovadora, eles ajudaram a quebrar estereótipos e preconceitos associados ao gênero, conquistando um público mais amplo e diversificado.

Além disso, a influência de Chitãozinho e Xororó pode ser vista na carreira de diversos artistas que surgiram posteriormente. Eles abriram caminho para uma nova geração de cantores e duplas sertanejas, inspirando-os a seguir seus passos e explorar novas sonoridades dentro do gênero. O legado deixado por Chitãozinho e Xororó é marcado não apenas por sua música memorável, mas também por sua contribuição para a expansão e renovação da música sertaneja, tornando-os verdadeiros ícones da cultura brasileira.

4. Por que Chitãozinho e Xororó são considerados a dupla sertaneja mais amada do Brasil?

Chitãozinho e Xororó são considerados a dupla sertaneja mais amada do Brasil devido à sua longevidade, talento indiscutível, carisma e capacidade de se reinventar ao longo dos anos. Com uma carreira que já ultrapassa cinco décadas, eles conquistaram o coração do público brasileiro com suas canções emocionantes, performances cativantes e uma identidade musical única, que mescla a tradição sertaneja com elementos modernos. Sua música transcende gerações, unindo fãs de todas as idades, e seu legado deixou uma marca indelével na história da música sertaneja no país.

5. Chitãozinho e Xororó têm filhos que seguiram carreira musical?

Sim, além de Chitãozinho e Xororó, a música continua sendo uma tradição na família. Sandy, filha de Xororó, trilhou uma carreira musical de grande sucesso, encantando o público com sua voz única em parceria com seu irmão, Junior Lima. Juntos, eles formaram uma dupla icônica e conquistaram o coração de milhões de fãs.

Da mesma forma, Alison Lima, filho de Chitãozinho, seguiu os passos de seu pai na música, encontrando seu próprio caminho como integrante da dupla Alison e Jefferson, deixando sua marca no cenário sertanejo. A paixão pela música parece ser uma herança preciosa que atravessa as gerações dessa talentosa família.